Chuva provoca alagamentos e interdita estradas no Paraná

* Extraido do site g1.com.br/parana

Chuva provoca alagamentos e interdita estradas no norte do Paraná

Jataizinho
Em Jataizinho, moradores recorrem a barcos para se locomover.
Diferentes estradas estão bloqueadas; aeroporto de Londrina está fechado.

Do G1 PR*

Em Jataizinho, no norte, várias ruas amanheceram alagadas nesta terça-feira (Foto: Alberto D’ Angele / RPC TV)Em Jataizinho, no norte, várias ruas amanheceram alagadas nesta terça-feira (Foto: Alberto D’ Angele / RPC TV)

A chuva forte que cai desde a madrugada desta terça-feira (25), no norte do Paraná, causa transtorno para a população da região. O Rio Tibagi subiu quatro metros, segundo o Corpo de Bombeiros, atingindo principalmente as cidades de Jataizinho e Ibiporã. De acordo com a Defesa Civil, 20 famílias estão desalojadas em Jataizinho. Em nota, a prefeitura informou que estuda interromper as aulas nas escolas e colégios.

Equipes da Defesa Civil e dos Bombeiros ajudam os moradores. As estradas de acesso às chácaras, que estão às margens do rio, foram encobertas pela água. Em alguns pontos, a correnteza é forte e coloca em risco até quem busca atravessar de barco. O mesmo ocorre na região de Ibiporã, que fica as margens do Tibagi. No municiípio quatro em famílias estão desalojadas.

Os bombeiros orientam as famílias que moram próximo a rios a deixarem as casas. A Defesa Civil também colocou a disposição um caminhões para a retirada de móveis. Como o rio continua a subir a situação se torna ainda mais complicada.

Em Umuarama, no noroeste do estado, o posto de saúde localizado no Jardim Guarani, está alagado. Prontuários, documentos dos funcionários e equipamentos foram molhados pelas goteiras que se formaram. O consultório odontotógico foi fechado nesta manhã de terça-feira porque a cadeira do dentista estava completamente enxarcada e não havia condições de atendimento.

Conforme informações da Prefeitura de Umuarama, o excesso de chuva na região causou o problema e a secretaria de obras deve fazer os reparos nos próximos dias. No último mês choveu 347 mm na cidade, maior média desde 1997.

Em Paranavaí, até esta madrugada chovou 167mm de água. O volume também é recorde para o período. Na Rua João Graci Shereber, um esgoto não resistiu ao volume de água e vaza continuamente. Duas casas foram alagadas. “Por causa da água que sai desse boeiro, passei a noite inteira vigiando a chuva para não deixar entrar água e terra, mas mesmo assim muita água entrou na minha casa”, relata a dona de casa, Helena Manoel Ribeiro.

Chuva fecha estradas

Andira
Na PR-554 moradores passam pela água para atravessar a ponte (Foto: PRE/Divulgação)

A rodovia PR-554, no trecho entre São Jorge do Ivaí e Doutor Camargo está interditada – a ponte do Rio Andirá foi tomada pelas águas por volta das 10 horas desta terça-feira, segundo a PRE. O nível do rio continua subindo, de acordo com a polícia.

A rodovia PR-650, no trecho entre Godoy Moreira e São João do Ivaí, também está interditada. Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), as águas do Rio Corumbataí, que contorna os municípios, invadiram a pista e causaram a obstrução. O rio também invadiu a rodovia PR-082, que liga São João do Ivaí a Fênix. A pista está completamente interditada, neste trecho, de acordo com a polícia rodoviária.

Os moradores de Godoy Moreira estão ilhados, já que o único acesso à cidade é a rodovia interditada. “A água já está chegando às casas. A maioria dos moradores, aqui, é da zona rural. Estão todos correndo para salvar os pertences das chuvas”, diz a moradora Juliana Vaz, de 28 anos. Segundo ela, há bastante lama nas ruas do município.

Também há registro de bloqueio na rodovia PR-487, em Manoel Ribas. A estrada está em meia pista desde as 5 horas desta terça-feira, no sentido Cândido de Abreu, segundo a PRE. Caminhões do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) foram chamados para trabalharem na recuperação da via no começo desta tarde.

Manoel Ribas
Manoel Ribas (Foto: PRE/Divulgação)Estrada que passa por Manoel Ribas está liberada em meia pista desde às 5h (Foto: PRE/Divulgação)

Aeroporto fechado
O Aeroporto Governador José Richa, em Londrina, no norte do Paraná está fechado para pousos e decolagens desde as 8h desta terça-feira (25) por causa da baixa visibilidade. De acordo com a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), oito vôos foram cancelados até 16h40. Segundo a Infraero, não há previsão para que as operações sejam normalizadas.

O Aeroporto Silvio Name Júnior, em Maringá, opera normalmente desde o início da manhã.

Chuvas no estado

De acordo com a Defesa Civil, até o meio dia desta terça-feira, 38 municipios do estado foram afetados pela chuva. O total de pessoas atingidas é de 64.363. A situação mais crítica é em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, onde 14 mil pessoas ficaram desalojadas. Outras 1.538 também tiveram que deixar as residências por causa da chuva nas outras cidades. Mais de 800 estão desabrigadas, 175 delas permanecem em abrigos

Share

Comments are closed.

Copyright © All Rights Reserved · Green Hope Theme by Sivan & schiy · Proudly powered by WordPress